Di Grassi tem contrato de três anos com a Audi: “Foi um bom negócio”

O novo contrato do atual campeão da Fórmula E Lucas di Grassi com a Audi o manterá a bordo para as próximas três temporadas elétricas de monopostos.

Di Grasi correu pela Audi na LMP1 no fim da temporada 2012, antes de ser adicionado à sua lista de pilotos e atuando em tempo integral no WEC (World Endurance Championship) em 2014.

Ele esteve presenta na FE com a equipe Abt, que a Audi apoiou na temporada 2015/16 e então aumentando seu envolvimento para 2016/17, ajudando Di Grassi na conquista de seu primeiro título.

“Eu assinei um contrato de três anos com a Audi, muito bom negócio, melhor do que nunca”, disse o brasileiro ao ‘Autosport’.

“Meu foco é correr na FE.

“Estou com a Audi desde 2013, tem sido a parte mais bem sucedida da minha carreira.

“É um sonho tornando realidade passar mais três temporadas com eles e fazer isso funcionar”.

O primeiro carro totalmente da Audi na FE, o e-tron FE04, foi mostrado em um evento de lançamento em sua sede em Nurnberg na noite de quarta-feira.

Di Grassi disse que o impacto da Audi no projeto da FE já foi positivo.

“Estou muito feliz com eles e com o que conseguimos, como a estrutura é com o time principal de Allan (McNish), Abt ainda está no parte operacional e a Audi com a parte tecnológica”, disse ele.

“Estamos em uma boa posição. A Audi herdou um carro e um piloto vencedor do campeonato, então as expectativas são altas”.

Di Grassi revelou que teve conversas com a Renault em 2016, mas que depois de muitas negociações resolver permanecer na Abt.

“Naquela época, não estava claro como a Fórmula E seria e quais os fabricantes que iriam se juntar”, disse o brasileiro.

“Naquele momento, na segunda temporada, eu tive ofertas de todos no grid, incluindo a Renault.

“Renault veio até mim e perguntou se eu estava disponível para o ano depois para depois discutirmos as finanças.

“Eu não sabia o que estava acontecendo. Mas eu tive um longa discussão com a equipe (Abt), confiei no time, e então decidi continuar”.