Buemi conquista o título com volta mais rápida em Londres

Sebastien Buemi assegurou o título da temporada 2015/2016 da Fórmula E ao cravar a volta mais rápida durante a última etapa pelas ruas do Battersea Park em Londres.

Buemi e Lucas di Grassi foram para a etapa final empatados na liderança do campeonato, depois de o piloto da Renault e.dams conquistar pontos bônus pela pole-position.

Di Grassi começou a corrida da terceira posição, mas subiu para segundo, antes de cometer um erro e acertar a traseira de Buemi na freada da Curva 3.

Ambos se recuperaram para os boxes e, com três pontos sendo oferecidos pela volta mais rápida, a dupla foi envolvida num jogo de gato e rato ao tentarem encontrar pista limpa.

Depois de trocar tempos, Buemi pulou com uma volta rápida e Di Grassi não conseguiu responder, o suficiente para conquistar o título, com Nicolas Prost assegurando a sua segunda vitória no fim de semana.

Prost evitou o drama entre Buemi e Di Grassi e consequentemente ficou com o caminho livre, adicionando uma segunda vitória depois de vencer durante a bateria de sábado.

Daniel Abt foi segundo enquanto Jerome d’Ambrosio foi sexto, mas promovido para terceiro quando os pilotos rivais foram penalizados pelos comissários.

Jean-Eric Vergne, Nick Heidfeld e Antonio Felix da Costa receberam punições de tempo por terminarem a corrida com 0% de bateria.

 

O resultado da 10ª etapa:

1 – Nicolas Prost França), Renault e-DAMS, 33 voltas
2 – Daniel Abt (Alemanha), Audi Abt, a 7s633
3 – Jérome D’Ambrosio (Bélgica), Dragon, a 22s524
4 – Loïc Duvasl (França), Dragon, a 23s290
5 – Stephane Sarrazin (França), Venturi, a 24s984
6 – Bruno Senna (Brasil), Mahindra, a 27s174
7 – Jean-Eric Vergne (França), Virgin, a 1min07s002
8 – Nick Heidfeld (Alemanha), Mahindra, a 1min07s544
9 – Antonio Felix da Costa (Portugal), Aguri, a 1min08s324
10 – Nelsinho Piquet (Brasil), China, a 1min14s270

A classificação final: 1) Sébastien Buemi, 155 pontos; 2) Lucas di Grassi, 153; 3) Nicolas Prost, 115; 4) Sam Bird, 86; 5) Jérome D”Ambrosio, 83; 6) Stéphane Sarrazin, 70; 7) Daniel Abt, 68; 8) loïc Duval, 60; 9) Jean-Eric Vergne, 58; 10, Bruno Senna, 52.