Barclay: Jaguar tem aprendido com seus erros

De acordo com o diretor da equipe, James Barclay, ‘os objetivos de pré-temporada da Panasonic Jaguar Racing,  para subir no grid e marcar maior números de pontos possíveis nas corridas em que completaram, foram alcançados’.

A quarta temporada foi vista uma promissora pela fabricante britânica, depois que Mitch Evans conquistou sua primeira posição no pódio em Hong Kong e a equipe ficou em quinto lugar na classificação das equipes.

No entanto, depois de Evans ter garantido a primeira pole position da Jaguar no ePrix de Zurique no mês passado, um possível pódio foi descartado após vários pilotos, inclusive ele, serem penalizados por excesso de velocidade durante uma ‘bandeira amarela’.

“Acho que, se olharmos para os nossos objetivos no início da temporada até agora, sempre dissemos que, para nosso segundo ano, o próximo passo de nossa jornada como uma nova equipe seria estar alcançando pontos regularmente”, disse Barclay.

A Jaguar esteve diversas vezes em condições para vencer às corridas, notadamente no ePrix de Roma em abril, quando Evans pressionou o líder Sam Bird, mas acabou recuando depois de usar muita energia em suas tentativas de conquistar a liderança.

A incapacidade de converter essas posições foi aceita por Barclay, que acredita que faz parte do esforço crescente de se estabelecer no campeonato totalmente elétrico.

“Se eu usar o exemplo de Roma, provavelmente não há um piloto ou equipe que não tenha estado nessa posição onde não cometeu esse erro em algum momento de sua carreira na Fórmula E, estamos enfrentando isso pela primeira vez, ” ele disse.

“Eu acho que esses momentos são vitais para nós, pois eles apenas nos tornam cada vez mais fortes.”

Barclay também enfatizou uma evolução para ser mais consistente no desafio de possíveis vitórias e está mirando as últimas corridas da temporada em Nova York.

“Mostramos este ano a mudança de desempenho e ritmo como uma equipe maior”, disse ele.

“Espero que possamos sair vitorioso no final do ano, seria um bom resultado para a equipe e todo trabalho árduo realizado”.

“Houve ocasiões em que deveríamos estar no pódio este ano e provavelmente até uma vitória deveria ter sido possível”, comentava James.

“Mas, novamente, como equipe, há momentos em que nos colocamos em uma posição pela qual estamos pela primeira vez e ou tomamos essa decisão certa ou erramos.

“Quando erramos, aprendemos essa lição, não importa o quão dura ela seja.”