Audi resolve não apelar sobre desclassificação de Abt em Hong Kong

A Audi anunciou que não entrará com apelação sobre a desclassificação de Daniel Abt em sua vitória na segunda corrida da abertura da temporada da Fórmula E em Hong Kong.

Abt conquistou a sua primeira vitória na série, tendo se aproveitado do erro do líder Felix Rosenqvist e grande erro do líder, Edoardo Mortara.

No entanto, algumas horas após a corrida, os comissários desclassificaram Abt por uma violação dos regulamentos técnicos, relacionados aos códigos de barras dos elementos do carro.

“Os adesivos de segurança da FIA (código de barras) nas unidades do inversor e MGU não corresponderam aos declarados no Passaporte técnico fornecido pela equipe”, explicaram os comissários.

A Audi notificou sua intenção de apesar a desclassificação de Abr, mas afirmou que não o fará mais.

“Nós usamos o tempo para revisar cuidadosamente todos os documentos e processos”, disse o diretor da equipe, Allan McNish.

“Nós não ganhamos vantagem como resultado do erro administrativo e todas as partes foram cumpridas relacionados a homologação e regulamentações técnicas.

“Ainda assim, aceitamos a decisão da FIA. Nossa equipe cometeu um pequeno erro com grandes consequências para nós, infelizmente, que privou Daniel de sua merecida vitória, da qual só podemos pedir desculpas.

“Estou certo de que o veremos no pódio novamente em breve”.