Equipe Trulli anuncia que não participa da etapa de Putrajaya deste fim de semana

A equipe que carrega o nome de Jarno Trulli irá mais uma vez perder uma rodada da Fórmula E depois de seu motor Motormatica JT-01 não passar pela vistoria obrigatória na Malásia.

Trulli não participou da primeira rodada da temporada na China devido a problemas com a alfândega, mas conseguiu retornar para o evento deste fim de semana em Putrajaya.

No entanto, o carro não passou pelas vistorias obrigatórias e não poderá se inscrever no evento.

“Todos na equipe trabalharam incrivelmente duro e estamos ansiosos para mostrarmos nossos carros na pista”, disse o chefe de equipe Lucio Cavuto. “Eu gostaria de agradecer a toda a equipe que acreditou no projeto e trabalhou sem descanso nele”.

“Muito trabalho foi feito nos carros e estamos confiantes que tudo estará resolvido em Punta del Este”.

“Eu gostaria também de agradecer a FIA por estender o prazo de vistoria. Infelizmente para nós, não foi tempo suficiente para completar o trabalho nos carros”.

Isto deixa a Fórmula E com um grid de 18 carros pelo segundo evento consecutivo, porém Trulli poderá enviar seus carros para a vistoria na próxima etapa no Uruguai.

Trulli havia confirmado mais cedo nesta sexta-feira que ele retornaria ao cockpit depois de uma disputa contratual com Salvador Durante, mas nem ele, nem Vitantonio Liuzzi, correrão neste fim de semana.