Ghiotto é punido e Fuoco herda vitória da F2 em Monza

Antonio Fuoco, da Prema, foi promovido à vitória, sua primeira na Fórmula 2, depois que o vencedor inicial de Monza, Luca Ghiotto, recebeu uma penalidade pós-corrida.

Ghiotto largou na P11 mas na última volta assumiu a liderança da corrida.

Porém em uma batalha contra Nick De Vries pela liderança na volta final, Ghiotto acabou cortando a primeira chicane de Monza, e não devolveu a posição.

Após a corrida os comissários investigaram o corte de chicanes de Ghiotto e, em última instância, deram-lhe uma punição de cinco segundos, tendo considerado que ele levou vantagem em sua manobra.

A sanção deixou Ghiotto na quarta posição, e declara Antonio Fuoco como vencedor da corrida principal em Monza.

Nobuharu Matsushita ficou sendo o segundo colocado e Nicholas Latifi o terceiro.