Williams levará novidades para o GP do Canadá

A Williams acredita que vai se recuperar de seu decepcionante desempenho no GP de Mônaco com um retorno à forma no Canadá neste fim de semana.

Pelo terceiro ano consecutivo a Williams sofreu uma queda de rendimento em Mônaco e marcou apenas um ponto. Montreal tem sido uma área mais feliz para a equipe nas últimas temporadas e a combinação de um conjunto de atualizações e um retorno a uma pista de alta velocidade significa que o diretor técnico Pat Symonds está colocando suas expectativas para cima.

“Por ser uma pista rápida com longas retas, o Circuito Gilles Villeneuve certamente favorece as características da Williams, como mostrado pelos nossos fortes desempenhos no ano passado, por isso deve marcar um retorno à forma para a equipe. O circuito em si tem muito poucas curvas de média velocidade, com uma rápida na curva cinco feita a pleno e, portanto, não contando muito”.

“Uma boa velocidade máxima, frenagem estável com a pista sendo dura com os freios, boa mudança de direção para as múltiplas chicanes e a tração adequada são coisas essenciais necessárias aqui. É também a segunda corrida consecutiva que vemos o novo pneu ultra macio, mas mesmo com isso, esperamos que a maioria dos carros vão estar em uma estratégia de uma parada”.

“Temos uma série de novas peças aerodinâmicas e chassis para continuar avançando com o desenvolvimento do FW38”.