Williams espera ter melhor desempenho em Mônaco

Pat Symonds, diretor-técnico da Williams, espera que a equipe possa ter uma exibição melhor este ano no GP de Mônaco, após se apresentar bem abaixo da média no ano passado.

Com a Williams tendo dificuldades em pistas apertadas e sinuosas, Valtteri Bottas e Felipe Massa foram eliminados no Q1 e Q2, respectivamente, em Monte Carlo na última temporada, e também não conseguiram marcar pontos.

Symonds diz que muito trabalho foi realizado para corrigir os problemas.

“O circuito de Mônaco é, talvez, o maior desafio que temos em todo o ano, tanto em termos de ajuste de carro e para os pilotos”, explicou Symonds.

“O mais importante aqui, é conseguir um bom equilíbrio do chassi nas curvas que são geralmente mais lentas e têm uma superfície muito diferente daquelas que encontramos em pistas de corrida convencionais”.

“Não podemos esconder o fato de que nosso desempenho no ano passado foi bem abaixo da média, e muita análise foi feita para determinar o porquê. Nossa esperança é ter ambos os carros em boas posições no grid e correr fortemente a partir daí”.

A Williams está em quarto lugar na classificação após as primeiras cinco corridas com 65 pontos.