Wehrlein: “Se não fosse a chuva, o Q3 seria possível”

Pascal Wehrlein (Manor) – Grid: 12º

“Minha volta no Q1 foi muito boa. Foi uma classificação quase perfeita. A estratégia foi excelente: nós sempre fomos um dos primeiros carros na pista e tudo deu certo no Q1, apesar do fato de bandeiras vermelha e amarela interromperem o nosso fluxo. Em seguida, no Q2 fiz a minha volta na minha primeira tentativa com o pneu super macio. Mudei para o ultra macio, mas então a chuva realmente chegou e não havia maneira de melhorar. É fácil de dizer eu acho, mas se não fosse a chuva, o Q3 poderia até ter sido possível hoje. Ainda é uma sensação incrível para mim e para toda a equipe (entrar no Q2). Estou muito orgulhoso de nós hoje: é uma amostra de quão duro todos nós temos trabalhado e uma boa recompensa para esse esforço.”