Vijay Mallya, chefe da Force India, é preso em Londres

Vijay Mallya, chefe da Force India, foi preso em Londres, anunciou a Polícia Metropolitana.

Em fevereiro, a Índia enviou uma solicitação formal para que Mallya fosse extraditado sob o Tratado de Extradição entre Índia e Reino Unido.

De acordo com autoridades indianas, Mallya tem dívidas de cerca de 900 milhões de libras após o colapso de sua companhia aérea Kingfisher em 2013.

Mallya teve seu passaporte diplomático revogado em abril do ano passado e teve um  mandado de prisão em seu nome, desde então reside no Reino Unido.

O GP da Inglaterra foi a única corrida da Fórmula 1 na qual ele esteve presente na temporada passada.

No ano passado, Mallya disse que não tinha “nada a esconder” diante do que considerava uma “caça às bruxas” contra ele na Índia.

Em declaração, a Polícia Metropolitana de Londres disse: “Oficiais da Unidade de Extradição da Polícia Metropolitana prendeu na manhã desta terça-feira, 18 de Abril, um homem com mandado de extradição”.

Após sua prisão, Mallya escreveu em seu twitter: “Exagero usual da mídia indiana. A audiência de extradição acontece hoje no Tribunal como esperado.”