Vettel terá que usar novo motor no GP da China

Sebastian Vettel agora tem apenas quatro unidades de potência para as 19 etapas restantes desta temporada, após seu abandono na volta de apresentação no Bahrain.

Leo Turrini disse que o problema foi provocado por um injetor, mas agora ele esclarece que a falha na verdade teve como causa “um erro no mapeamento eletrônico”.

“Foi um problema eletrônico, e não uma falha de uma parte mecânica”, concordou um relato do jornal ‘La Repubblica’.

O ‘informante’ explicou que a falha eletrônica ocorreu em uma certa marcha e em um número de giros preciso, “causando um tipo de apagão que afetou tanto o motor” que ele sofreu danos “irreparáveis”.

“Na China, Sebastian vai utilizar a unidade de potência número dois”, escreveu Turrini em seu blog Quotidiano.