Vettel surpreso com a desvantagem de Ferrari e Red Bull

Sebastian Vettel diz que ele está surpreso pelas dificuldades da Ferrari e Red Bull em relação à Mercedes no GP da Europa até agora.

A Mercedes dominou as tabelas de tempo no circuito de rua de Baku, terminando mais de um segundo à frente do pelotão no último treino livre no sábado.

Apesar do treino classificatório ter sido mais disputado, com Lewis Hamilton batendo e Nico Rosberg andando sob bandeiras amarelas, ainda assim surgindo no topo.

Rosberg largará na pole, com Daniel Ricciardo e Vettel 1.2s atrás em segundo e terceiro, depois da punição de Sergio Perez por trocar a caixa de câmbio.

“Não estou nenhum pouco surpreso (com a Red Bull superando a Ferrari), se algo foi uma surpresa foi vê-los, assim como nós, sofrendo tanto, ontem e hoje”, disse.

“Não esqueça que classificamos atrás de uma Force India. Sergio encontrou um bom ritmo, mas certamente deveríamos estar à frente. Não podemos ficar completamente felizes”.

Vettel espera ficar livre de problemas do lado limpo do grid.

“Normalmente quanto mais à frente você está, melhor é, mas esta é uma corrida longa e qualquer coisa pode acontecer, então só precisamos manter nossos olhos abertos”, explicou Vettel.

“Eu não tenho uma escolha, mas se pudesse escolher eu preferia largar em terceiro do que quarto. Quão bom ou ruim isto é, eu não sei, mas certamente não é uma desvantagem”.

Kimi Raikkonen largará em quarto na outra Ferrari.