Vettel: Nenhum piloto confia nos pneus de chuva extrema

Sebastian Vettel diz que a decisão da F1 para iniciar o GP da Inglaterra com o carro de segurança não deve ser criticada, já que a culpa recai sobre pneus de chuva extrema.

Quando uma chuva torrencial atingiu Silverstone na hora da corrida inundando a pista, a decisão foi tomada para largar atrás do carro de segurança.

Os pilotos deram cinco voltas e estavam descontentes com a situação, especialmente porque as condições eram boas o suficiente para mudarem direto para os pneus intermediários quando o carro de segurança finalmente saiu.

Vettel, no entanto, diz que a questão não deve ser sobre largar com o carro de segurança, mas sim que as equipes e pilotos não têm “confiança” nos pneus de chuva extrema.

“Depende de onde você está, para ser honesto”, disse à ‘ESPN’ sobre a decisão. “Eu estava ansioso para começar porque isso lhe dá a oportunidade de avançar. Se você está na liderança, então é uma aposta segura que vai ficar na ponta quando largar atrás do carro de segurança”.

“Inicialmente, acho que foi a escolha certa largar atrás do carro de segurança porque havia muita água parada na primeira metade da pista, enquanto a outra metade estava bastante seca”.

“Acho que se é para criticar, não é a largada atrás do carro de segurança. Acho que devemos criticar é o fato de que ninguém tem confiança nos pneus de chuva extrema”.

“Então você prefere correr muito risco de ir para os intermediários onde havia bastante aquaplanagem no início, simplesmente porque é o pneu mais rápido”.