Vettel: “A Ferrari está melhor do que pareceu nos treinos”

Sebastian Vettel está convicto de que a Ferrari tem um carro competitivo para GP de Mônaco, apesar de um baixo rendimento neste inicio de fim de semana.

Vettel bateu na parede duas vezes na segunda sessão de treinos de quinta-feira, duas posições atrás do companheiro de equipe Kimi Räikkönen.

Daniel Ricciardo definiu o ritmo da Red Bull, mais de 1,5s  no tempo de Vettel, com os pilotos da Mercedes seguinte em segundo e terceiro.

“Eu certamente tentei o máximo!”, brincou Vettel após a sessão.

“Nem tudo funcionou, por isso foi um pouco de um dia desconexo, mas no geral está ok. Eu acho que o ritmo está no carro, mas eu me esforcei um pouco para tirá-lo hoje.”

Perguntado se ele está preocupado que a Ferrari está agora em terceiro lugar na ‘hierarquia’, Vettel respondeu: “Não, eu acho que ainda é quinta-feira e é difícil dizer o que as pessoas fizeram.

“Hoje não foi o foco principal para ficar no topo da classificação. Nós não tivemos um bom dia. Nós tentamos uma par de coisas e é justo dizer que alguns deles não funcionou.”

Vettel também descartou sugestões de que a pressão negativa é que se acumulam na Ferrari, que não ganhou uma corrida de Fórmula 1 desde o ano passado GP de Cingapura.

“Há sempre uma pressão, o desejo de fazer o melhor”, disse ele.

“Você poderia chamar essa pressão, mas é também a razão pela qual estamos aqui competindo. Nós não estamos aqui para terminar em oitavo ou para terminar em quinto, estamos aqui para ganhar.”