Vettel explica decisão de desobedecer ordem da Ferrari

Sebastian Vettel explicou sua decisão de não acatar a ordem de parada da Ferrari durante o GP da Europa, depois que foi chamado no início da corrida, mas optou por permanecer na pista.

Vettel largou em terceiro, mas passou rapidamente à frente de Daniel Ricciardo, que fez uma parada prematura, junto com Max Verstappen, já que a Red Bull sofria com uma alta degradação de pneus.

A Ferrari reagiu imediatamente, chamando Vettel para os boxes para impedir a ultrapassagem de Ricciardo, mas Vettel respondeu: “Tem certeza? O carro está bom”.

Enquanto Kimi Raikkonen parou após nove voltas, Vettel ficou na pista até a volta 21.

Após a corrida, Vettel disse: “Basicamente, fui chamado. Queríamos reagir a Daniel que tinha parado, já que tinha dificuldades com os pneus: obviamente passamos por ele e ele foi em seguida para os boxes”.

“Mas eu tinha uma boa sensação, ritmo estava muito bom. Eu pedi a equipe para ficar na pista. Talvez tenha visto que Daniel estava com dificuldades com os pneus. Fiquei um pouco preocupado com o segundo stint que seria muito, muito longo”.

Vettel perdeu a posição para Raikkonen nas paradas, mas foi permitida a passagem para recuperar o segundo lugar.

Raikkonen ficou em quarto, depois de ter sido ultrapassado por Sergio Perez na última volta.