Vettel espera dar a volta por cima na corrida da Rússia

Sebastian Vettel espera recuperar o terreno perdido durante o GP da Rússia depois de cair no grid por conta de uma troca de caixa de câmbio.

Vettel classificou-se em segundo, atrás de Nico Rosberg, da Mercedes, durante a sessão deste sábado em Sochi, mas cai para o sétimo lugar.

Apesar do revés, Vettel reconhece que ele terá o ritmo para alcançar carros durante a corrida, do que ele sentiu durante as simulações ao longo dos treinos livres.

“Eu gostaria que a distância (para a pole-position) fosse um pouco menor”, admitiu Vettel, tendo terminado sete décimos atrás de Rosberg no Q3.

“Mas Nico em particular fez uma volta muito forte, então foi um bom trabalho do lado dele”.

“Eu não tinha certeza sobre o problema do Lewis, mas isto nos permitiu ficar em segundo, o que ajuda para a corrida de amanhã, já que estarei do lado limpo da pista”.

“Espero que tenhamos uma boa corrida – o carro parece bom”.

Vettel adicionou que ele não está preocupado com a confiabilidade da Ferrari até agora nesta temporada, que foi questionada mais uma vez depois da sua falha durante o segundo treino livre na sexta-feira.

“Não estou frustrado”, deixou claro o tetracampeão.

“Obviamente não é bom que essas coisas aconteçam. Isto não deixa as coisas mais fáceis, mas é parte da vida, parte das corridas, e estamos forçando ao máximo para alcança-los (Mercedes)”.

“Nós ainda não tivemos uma corrida propriamente limpa, mas você nunca sabe o que pode acontecer amanhã”.