Vettel deve correr pela Mercedes em 2018, sugere seu ex-chefe

O ex-chefe de Sebastian Vettel acredita que o tetracampeão mundial pode estar prestes a perder a paciência com a Ferrari.

Christian Horner disse ao ‘Sport Bild’ que sente uma inquietação no humor atual do alemão. “Tenho a sensação de que Seb está um pouco agitado”, declarou ele.

“Sei por experiência pessoal que ele precisa se sentir bem para ter uma boa performance. E não sei se ele gosta da pressão de Sergio Marchionne (presidente da Ferrari)”.

“Posso imaginar que, em 2018, Seb irá para a Mercedes se não começar a progredir com a Ferrari”, acrescentou Horner.

Contudo, Gerhard Berger discorda de Horner; ele não acredita que Vettel está começando a sentir a pressão.

“Eu o conheço desde a época da Red Bull, e ele é um verdadeiro líder”, disse o austríaco ao jornal italiano ‘Corriere della Sera’. “Ele nunca perde o ânimo”.