Vettel confronta Kvyat por manobra “maluca”

Sebastian Vettel confrontou Daniil Kvyat enquanto os dois se preparavam para a cerimônia do pódio depois de o piloto da Ferrari ter culpado seu rival por uma colisão na primeira volta do GP da China.

Kvyat pulou da sexta posição e forçou por dentro na Curva 1, com Vettel ficando espremido entre o piloto da Red Bull e seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen, que adotou uma linha mais larga.

Vettel jogou para a esquerda quando viu a Red Bull por dentro e acertou Raikkonen, causando danos em ambos os carros e comprometendo a corrida da equipe.

Vettel recuperou-se para bater Kvyat e chegar em segundo, enquanto Raikkonen foi quinto, mas o piloto da Ferrari repetidamente criticou Kvyat através do rádio, antes de discutir com ele na sala que antecede o pódio.

Quando Kvyat questionou o que havia acontecido na primeira curva, Vettel respondeu: “Você está perguntando o que aconteceu na largada? Se eu não vou para a esquerda você bateria em nós e nós três teríamos abandonado”.

Kvyat encolheu os ombros e começou a explicar seu lado, mas Vettel o cortou. “Não, nada de ‘bem’, você veio como um torpedo. Isto não é coisa de corrida. Se eu tivesse mantido a mesma linha, teríamos batido”.

Kvyat protestou sua inocência e tentou minimizar o incidente, mas Vettel discutiu mais uma vez.

“Você precisa esperar que quando você ataca como um maluco, você danifica seu carro”, disse. “Você teve sorte desta vez, eu e Kimi tivemos os carros danificados”.

Vettel não parecia muito feliz no pódio e pediu desculpas para a Ferrari pelo incidente.

“É difícil julgar como pareceu no ponto de vista dele”, explicou. “Minha largada não foi muito boa, então eu estava em má posição na Curva 1”.

“Eu acho que o Kimi travou, espalhou um pouco, e eu queria ir por dentro para ultrapassar. Eu acho que o Daniil (Kvyat) estava tentando fazer a mesma coisa comigo. Mas então Kimi voltou, então eu estava no meio”.

“Daniil estava vindo muito rapidamente naquele espaço, e eu fiquei muito surpreso, então tive que jogar para a esquerda, mas ao mesmo tempo Kimi estava descendo, então tocamo-nos, o que é uma pena”.

“Você não quer carros da mesma cor se tocando. No final tivemos sorte, porque eu pude continuar, ele pode continuar, mas certamente não é o melhor resultado para a equipe. Então sinto muito por isto”.