Verstappen nega afirmação de Perez sobre motores

Max Verstappen, da Red Bull, negou a afirmação de Sergio Perez de que o motor da Renault está agora em igualdade com os da Mercedes e Ferrari.

Antes do GP da Rússia, o piloto da Force India, Perez, disse que as equipes com motores Mercedes agora só tinham vantagem sobre a Honda.

Verstappen, cuja terceira colocação no GP da China é o único pódio da Red Bull nas três primeiras corridas, descartou isso quando disse que não estava “certo” se a fornecedora de motores Renault estivesse no nível dos líderes.

“É claro que ela está trabalhando muito duro”, disse ele. “Nós também estamos trabalhando muito duro para melhorar o carro”.

“Mas eu acho que ainda há um déficit, então precisamos continuar trabalhando duro juntos para melhorar nas próximas corridas”.

Perguntado por que ele disse que a Red Bull estava preparada para uma corrida difícil em Sochi, Verstappen respondeu: “O déficit de potência nas retas”.

“Não estamos no mesmo nível em termos de downforce também, então não podemos tirar a diferença nas curvas”.

Quando foi feita a sugestão de que as três principais fabricantes de motores estavam em um nível similar, Verstappen brincou: “Eu gostaria de trocar um dia, e então todo mundo vai pensar diferente”.