Verstappen confirma “falta de peças” da Renault para as corridas finais

Max Verstappen admitiu que a Renault limitou a potência de seus motores no Brasil.

O piloto da Red Bull venceu duas semanas antes no México, mas terminou apenas em quinto no Brasil.

Ao mesmo tempo, a equipe junior da Red Bull, Toro Rosso, teve discussões acaloradas com sua fornecedora de motores, a francesa Renault.

Verstappen admitiu que, no fim da temporada, a Renault simplesmente ficou sem peças sobressalentes do motor, já se concentrando em 2018.

“Por uma lago eu consigo entender isso”, Verstappen falou para o ‘Telegraaf’.

“Mas, por outro lado, so você tem tantos problemas de confiabilidade durante a temporada, então, como fornecedor, você deve fazer o que puder para ter partes suficientes no estoque.

“Isso é o que parecer ser lógico”, acrescentou Verstappen. “É frustrante, mas também temos que aceitá-lo.

“Depois de quatro corridas muitas boas é uma pena, mas você também precisa ser realista. O carro em si estava bom no Brasil”, disse ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *