Vasseur admite que Ericsson pode deixar a Sauber

Frederic Vasseur disse que o piloto junior da Mercedes Pascal Wehrlein pode permanecer na Sauber para a próxima temporada.

Anteriormente, o alemão Wehrlein parecia resignado a perder o assento na equipe suíça, já que a Sauber parece que vai acomodar um piloto junior promovido pela Ferrari, que irá fornecer os motores para a equipe na próxima temporada.

Mas, apesar dos sólidos “links” de Marcus Ericsson com a Suéda, o chefe de equipe Vasseur declarou: “Seria um erro criar uma equipe em torno de um piloto apenas porque ele tem conexão com os proprietários”, disse ele à ‘Auto Motor und Sport’.

Ericsson, portanto, foi vinculado com uma mudança para a Williams em 2018.

Vasseur continuou: “Reconstruir a Saber exigirá paciência, enquanto os pilotos normalmente querem resultados na próxima corrida.

“Então, se ele quiser estar no pódio no ano que vem, ele terá um problema na Sauber. Falaremos com os proprietários sobre o que é melhor para Marcus e para a equipe”.

Perguntado se isso significaria que Wehrlein ainda tem chance de ficar em 2018, Vasseur respondeu: “É claro que ele tem chances.

“Pascal conhece nossa situação e conheço suas habilidades porque já trabalhamos juntos no DTM.

“Se você quer reconstruiu uma equipe, você precisa apenas de pilotos rápidos, mas aqueles que estão dispostos a trabalhar com o time e empurrá-lo na direção certa”, acrescentou.

“Vamos discutir isso com a Ferrari nos próximos dias”, disse ele.

“Para nós, a escolha do motor tinha prioridade e não queríamos misturar isso com a questão dos pilotos.

“Agora temos a oportunidade de fazer isso em paz”, acrescentou Vasseur.