Vandoorne ficou “exposto” como companheiro de Alonso na McLaren

Stoffel Vandoorne ficou “exposto” no início de sua carreira na Fórmula 1, tendo Fernando Alonso como companheiro de McLaren, mas agora está confiante, afirmou Eric Boullier.

O novato Vandoorne recentemente ultrapassou Alonso na classificação de pilotos com os sétimos lugares conquistados em Cingapura e Malásia.

O diretor de corridas da McLaren, Boullier, disse que desde junho, Vandoorne tem adaptado seu estilo de pilotagem e começou a superar as dificuldades com os pneus.

Perguntado pela ‘Autosport’ sobre a reviravolta de Vandoorne, Boullier creditou isso a “trabalho duro, confiança e talento”.

“Ele ficou muito exposto por causa de seu companheiro de equipe, Fernando, um bi-campeão mundial”, disse Boullier.

“Qualquer jovem piloto que se juntou à F1 nos últimos cinco anos, tiveram um período de adaptação na F1.

“Se você está em uma equipe (menor), é mais silencioso. Mas se você estiver na McLaren, ao lado de Fernando Alonso, obviamente, é mais complicado.

“Desde junho, a abordagem que tivemos com Stoffel, e sua abordagem conosco, tem sido muito diferente.

“Trabalhamos em sua compreensão da F1 e obviamente os pneus.

“Agora ele ganhou a confiança que ele precisa para poder extrair o máximo do carro.

Vandoorne disse que se senta mais resolvido dentro da McLaren e agora desenvolveu confiança com o carro e a equipe.

“A maneira como estou trabalhando coma equipe, com os engenheiros, evoluiu muito”, disse Vandoorne.

“Ter tido a oportunidade de ter um pouco mais de tempo de pista nos permitiu ver o que eu precisava dentro do carro.

“Estou apenas confiante de que as coisas vão funcionar e as coisas vão acontecer e que isso é um sentimento agradável e confortável, fazer com o carro o que você realmente quer fazer”.