Turquia pode voltar a sediar etapa da F1

O Grande Prêmio da Turquia poderia voltar ao calendário da Fórmula 1 após os representantes terem conversas construtivas com Chase Carey.

O presidente da Fórmula 1, Carey, atuando em nome do novo proprietário Liberty Media, se reuniu com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, nesta terça-feira.

O chefe do grupo de automobilismo Serkan Yazici, o ministro da Juventude e Desportos Akif Cagatay Kilic e o vice-secretário-geral e porta-voz do embaixador da presidência, Ibrahim Kalin, também estiveram presentes.

“Espero que, com a ajuda do Senhor Presidente, se Deus quiser, o Parque de Istambul volte a sediar a Fórmula 1”, disse o diretor do circuito Ali Vurul Ak, segundo o jornal ‘Hurriyet’.

“Tivemos reuniões muito intensas … ainda não assinamos, mas tudo o que resta é uma assinatura. Se Deus quiser, nosso país voltará a sediar a Fórmula 1 em Istambul”, completou.