Toto Wolff e Eric Boullier divergem sobre as regras de 2017

Toto Wolff, chefe da Mercedes, não concorda com a opinião do diretor de corrida da McLaren, Eric Boullier, a respeito do impacto que o novo regulamento de 2017 terá na Fórmula 1.

Na última sexta-feira, Boullier defendeu as novas regras, dizendo que discorda daqueles que acreditam que elas tornarão as ultrapassagens ainda mais difíceis. Entretanto, Wolff continua convencido de que as alterações não terão o efeito desejado.

“O carro terá um visual espetacular, largo, eu posso me esconder sob o difusor, e vai gerar muito mais downforce, será bem mais veloz nas curvas”, declarou ele.

“Infelizmente, há uma esteira de ar atrás do carro que tornará o problema ainda maior do que neste ano. Você perde pressão aerodinâmica no momento em que se aproxima, o pneu começa a escorregar, se aquece e fica impossível ultrapassar”.

Wolff gostaria que as regras tivessem se mantido como estão não porque a Mercedes está dominando, mas por acreditar que isso teria aproximado o pelotão.

“Quanto mais tempo você deixa as regras estáveis, mais o pelotão vai se aproximar e a performance vai convergir”, afirmou ele.

“Também está claro que as outras equipes dirão que a Mercedes é otimista e não gostaria de mexer nas regras porque está se dando bem. Na verdade, é o oposto. Com uma grande mudança nas regras, estamos em uma boa situação com nossa estrutura para dominar novamente”.

“Desse princípio, nós acreditamos que há um risco inerente das corridas serem mais tediosas. Posso entender o fato de que algumas outras equipes querem jogar os dados. Nós expressamos nossa opinião, não fomos ouvidos e aceitamos isso”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *