Toro Rosso pode receber motores da Honda

A Toro Rosso pode se tornar a primeira ‘consumidor’ da Honda na Fórmula 1.

Esta é a afirmação do jornal finlandês ‘Turun Sanomat’, que disse que os rumores sobre o interesse da equipe pertencente à Red Bull na verdade começaram em 2015.

Porém, acredita-se que Ron Dennis ainda pretende defender enfaticamente uma aparente cláusula em seu contrato de fábrica com a montadora japonesa que garante exclusividade para a McLaren.

No entanto, isso não está de acordo com uma nova regra da F1 que garante que nenhuma equipe ficará sem um contrato de fornecimento de motores.

Luis Vasconcelos, correspondente do ‘Turun Sanomat’, relatou que Franz Tost, chefe da Toro Rosso, agora está buscando um acordo de três anos com a Honda, para o período entre 2017 e 2020.

A Honda parece aberta à ideia de ter clientes.

“Não temos nenhum plano, mas já prometemos à FIA que teríamos potencial de fornecimento para uma segunda ou terceira equipe, então estamos nos preparando para isso”, declarou Yusuke Hasegawa, chefe de competição da marca japonesa.