Toro Rosso espera por dificuldades em Spa e Monza

A Toro Rosso espera enfrentar “problemas” nas duas próximas corridas da temporada em Spa e Monza.

Depois de passar a temporada de 2016 usando motor da Ferrari com especificação antiga, a Toro Rosso juntou-se à sua equipe irmã Red Bull para usar a potência dos motores Renault nesta temporada.

Enquanto a Red Bull acredita que pode ser “razoável” em Spa, a Toro Rosso teme que as duas corridas seguintes sejam uma verdadeira luta.

“Nosso carro está funcionando bem em curvas de média velocidade, onde o motor não é a prioridade como no Canadá, Áustria, Baku ou Silverstone”, declarou Franz Tost, chefe da equipe.

“Espero que sejamos competitivos quando estivermos em Cingapura, Estados Unidos e também Japão”.

“Espero problemas em Spa e Monza porque são circuitos com longas retas onde você simplesmente precisa de potência do motor, e todos nós sabemos que temos uma pequena desvantagem nesse aspecto”.

Tost acrescentou que está feliz com o progresso da Toro Rsso neste ano, considerando que ela não possui os recursos para acompanhar a velocidade de desenvolvimento das equipes de ponta.

“Nós atualizamos o carro, progredimos um pouco, mas também somos limitados pelo orçamento”, disse ele. “Não podemos ter muitas atualizações em todas as provas como as equipes de ponta porque elas têm três ou quatro vezes mais dinheiro do que nós”.

“Nós sempre precisamos calcular o que fazer e como fazer, e devo dizer que estamos fazendo um trabalho razoavelmente bom até agora”.