Tetra-campeão Hamilton destaca “enorme desafio” contra rival Vettel: “Agora somos dois”

Lewis Hamilton disse que seu quarto campeonato mundial de Fórmula 1 e a briga com a Ferrari de Sebastian Vettel foi um “enorme desafio”.

O rival ao título da temporada, Vettel, precisava ganhar com Hamilton no máximo em sexto para manter viva a esperança no campeonato até a corrida no Brasil, mas o piloto da Ferrari só conseguiu terminar em quarto com Hamilton em nono.

Com o tetra-campeonato o piloto da Mercedes se junta a Vettel e Alain Prost (ambos com quatro títulos), Juan Manoel Fangio (5 títulos) e Michael Schumacher (7 títulos) como os grandes campeões da F1.

Relembrando seus campeonatos Hamilton destacou que 2017 foi um enorme desafio, mas que agora está igualado com as conquistas de Vettel.

“2008 foi difícil, 2007 (quando ele perdeu por pouco) foi difícil. 2008 foi muito difícil realmente. Os anos seguintes foram um pouco diferentes”, disse Hamilton.

“Este ano, estar em posição de liderar o time e ajudar a dirigir, motivar e ‘guiar’ para onde eu quero que ele (o carro) vá em seu desenvolvimento, ao lado de um grande companheiro de equipe e lutando contra uma grande equipe que é a Ferrari e com o maior vencedor (Vettel, também quatro vezes campeão), ou era o maior já que agora somos dois, foi um enorme desafio e estava ansioso por isso”.

“É ótimo ter duas equipes lutando. Você pode ver nos treinos, todos dentro de um décimo, ou os seis melhores que seja.

“Eu acho isso ótimo. Precisamos mais disso. Isso nos empurra mais ao limite, empurra os carros mais para o limite e isso é, finalmente, o porque adoramos esse esporte”.

Confronto Hamilton - Vettel
F1Mania