Tempo da pole de 2015 já foi batido no primeiro treino livre

Nico Rosberg usou o pneu Pirelli ultramacio para registrar a volta mais rápida da história do Red Bull Ring. O circuito foi recapeado para este ano e já proporcionou um considerável aumento de velocidade, na comparação com 2015.

O piloto da Mercedes cravou sua melhor volta em 1m07s373, na primeira sessão de treinos livres, antes de se juntar aos demais pilotos em uma espera de mais de 30 minutos para a segunda sessão, uma vez que o circuito de 4,326 quilômetros foi assolado por uma chuva torrencial.

Quando a pista começou a secar, os pilotos tiveram que correr com pneus intermediários. Só nos últimos 20 minutos foi possível usar pneus para pista seca. O supermacio e o ultramacio foram as escolhas mais populares. Tendo usado o ultramacio na primeira sessão, o tempo mais rápido de Rosberg na segunda sessão foi registrado com o supermacio.

A performance de Rosberg na primeira sessão confirmou que o Red Bull Ring será a volta mais curta do ano, em termos de tempo. Isso faz com que um bom tempo no sábado seja ainda mais crucial, uma vez que qualquer erro, por menor que seja, pode ter um impacto significativo. Até o momento, devido à tempestade na segunda sessão, não há dados suficientes para determinar a diferença de tempo entre os diferentes compostos.

Paul Hembery, diretor de motorsport da Pirelli: “A combinação da nova superfície macia e do pneu ultramacio proporcionou, nesta manhã, a volta mais rápida já registrada no Red Bull Ring. É possível que tenhamos tempos abaixo da marca de 1m06 no classificatório, se o tempo permanecer seco. Com a chuva pesada deixando os carros fora da pista durante a maior parte da segunda sessão, não tivemos uma oportunidade adequada para coletar dados significativos sobre essa pista.”