Stoffel Vandoorne comemora ponto em sua corrida de estreia

Stoffel Vandoorne, da McLaren, expressou sua felicidade de encerrar um impressionante GP do Bahrain com um ponto “bônus”.

Vandoorne, o piloto reserva da equipe, foi convocado para substituir Fernando Alonso, que se machucou num violento acidente na Austrália.

Vandoorne superou o experiente Jenson Button em sua primeira tentativa, antes de lutar pela 10ª posição na corrida deste domingo à tarde.

Os pontos de Vandoorne são os primeiros de um piloto belga na Fórmula 1 desde Thierry Boutsen no GP da Austrália de 1992.

“A largada foi um pouco difícil para mim, mas no final nós mais ou menos conseguimos maximizar a oportunidade”, comentou Vandoorne depois da corrida. “Para a minha estreia na Fórmula 1, posso ficar muito feliz”.

“Desde o começo do fim de semana senti-me confortável. Eu apenas tentei não cometer erros”.

“Sair daqui com pontos é um bônus, já que vim sem qualquer expectativa”.

Button estava andando dentro da zona de pontuação antes de abandonar por falta de potência em sua unidade.

“O motor simplesmente cortou… eu senti na Curva 2, parei na Curva 10”, disse Button. “Isto é duro, porque eu estava correndo em nono quando parei e estávamos indo bem, atrás de (Romain) Grosjean e (Max) Verstappen (ambos terminaram nos pontos)”.

“Este é um daqueles dias quando muitas pessoas cometeram erros, e nós devíamos ter capitalizado”.

“Nós tiramos os pontos positivos em termos de ritmo. O classificatório não correu como o planejado, mas o ritmo está lá e este é um bom progresso – em algum momento precisamos mostra-lo”.

  • Sauber Mercedes

    Após 23 anos e quase 5 meses, um piloto da Bélgica volta a pontuar e Stoffel Vandoorne passa a ser o oitavo piloto belga a pontuar na Fórmula 1.