Sebastian Vettel feliz por “libertar” o potencial da Ferrari

Sebastian Vettel diz que ele ficou feliz por “libertar” o ritmo da Ferrari no GP do Canadá ao desafiar Lewis Hamilton pela vitória.

Vettel, que largou em terceiro, pulou para a frente da dupla da Mercedes, Hamilton e Nico Rosberg, no apagar das luzes e liderou a parte inicial da corrida.

O alemão da Ferrari parou duas vezes e por fim foi superado por Hamilton, mas expressou seu otimismo sobre as últimas atualizações da Ferrari.

“Lewis estava rápido demais, este foi o problema!”, brincou Vettel durante as entrevistas no pódio, quando questionado sobre como ele perdeu a vitória.

“Eu tive uma largada fantástica. A primeira volta foi complicada, já que sofri para frear e parar o carro na última chicane – estava ventando bastante hoje, e talvez sofri um pouco com o vento vindo por trás”.

“Nós decidimos um pouco cedo demais por uma estratégia diferente. Lewis tinha uma chance de ficar e ver o que os pneus poderiam fazer – eles duraram um pouco mais do que o esperado”.

“Isto fez com que fosse difícil com pneus novos diminuir a diferença (para Hamilton)”.

“Mas, de modo geral, foi um ótimo fim de semana para nós. Sofremos um pouco nas últimas corridas. Agora vemos que o carro tem desempenho e o libertamos… foi uma corrida realmente divertida”, concluiu Sebastian Vettel.

Kimi Raikkonen terminou em sexto na outra Ferrari.