Sauber recebe adiantamento de patrocinador para quitar salários atrasados

A Sauber garantiu um adiantamento de patrocínio de seus apoiadores suecos a fim de pagar os salários de março de seus funcionários, e tem certeza que vai correr na China.

Acredita-se que o dinheiro será transferido nesta sexta-feira, e todos os funcionários deverão ter seus salários nas contas no máximo até segunda-feira.

A equipe suíça atrasou o pagamento dos salários de fevereiro devido a problemas de fluxo de caixa, e a situação se repetiu em março.

Contudo, de acordo com o site ‘Autosport’, os patrocinadores suecos de Marcus Ericsson anteciparam um pagamento visando amenizar a situação.

A condição financeira da Sauber é precária, com a chefe Monisha Kaltenborn trabalhando incansavelmente para encontrar mais patrocinadores.

Kaltenborn não esteve no Bahrain enquanto conversava com várias partes, mas nenhum novo acordo foi assinado até agora.

Ainda não foi decidido se ela viajará para o GP da China, pois seu tempo talvez seja melhor aproveitado na sede da equipe em Hinwill para dar sequência às negociações.

Se outros patrocínios não forem encontrados nas próximas semanas, a equipe provavelmente dependerá dos apoiadores suecos e também dos brasileiros de Felipe Nasr para pagar os salários de abril.