Sauber pode trocar Ferrari por Honda em 2018

Honda e Mercedes são candidatas a impulsionar a Sauber em 2018 se a equipe romper com sua atual fornecedora Ferrari, confirmou a chefe Monisha Kaltenborn.

Com exceção das quatro temporadas sob o controle da BMW entre 2006 e 2009, a equipe suíça vem utilizando motores Ferrari na Fórmula 1 desde 1997, mas está avaliando suas opções para o próximo ano.

Um possível acordo de fornecimento da Sauber com a Honda foi especulado pela primeira vez no ano passado, e os rumores de que ela poderia até mesmo se tornar a principal equipe da Honda se intensificaram desde que uma renovação da parceria McLaren-Mercedes foi sugerida.

Ao ser questionada pelo site ‘Autospor’t sobre as conversas de sua equipe com a Honda, Kaltenborn deixou claro que nenhuma decisão foi tomada.

“Tudo o que posso dizer é sim, tivemos discussões com eles. Mas estamos abertos em relação à situação dos motores. Creio que temos algumas opções”, disse Kaltenborn.

“Sabemos que uma decisão precisa ser tomada em breve. E também sabemos que quanto mais cedo você a tiver, melhor para o desenvolvimento”.

  • Filipe Barddal

    A não ser que a Ilmor tire um coelho da cartola e consiga ajudar os japoneses a dar um grande passo em sua unidade de potência, será o tiro de misericórdia na Sauber. Já é sabidamente que o chassi é ruim e que a aerodinâmica é ainda pior.
    Porém, se os japoneses injetarem uma grana como fazem na McLaren aí é uma questão de sobrevida para a equipe suíça.
    Tudo como sempre, girará em torno do “money”.