Sauber espera pagar próximo salário em dia

A situação dos patrocínios e da renda na Fórmula 1 deixou a Sauber lutando pela sobrevivência. A equipe suíça pelo menos pagou os salários atrasados de seus 300 funcionários em Hinwil, com a chefe Monisha Kaltenborn prometendo dias melhores em breve.

“Eu realmente lamento a situação e espero que não tenhamos causado problemas a ninguém”, declarou ela ao jornal suíço ‘Sonntagsblick’. “Os salários de março deverão ser pagos em dia”.

A Sauber parece estar sofrendo um destino similar ao da Force India no ano passado, com Kaltenborn confirmando que “os três primeiros meses do ano são os mais exigentes em termos de custos”.

“Sim, foi um esforço deixar o carro pronto”, admitiu ela depois do atraso do carro de 2016.

No entanto, a Sauber agora já está em Melbourne se preparando para o GP da Austrália.