Sauber acredita que testar carro antigo não atrapalhou evolução

O diretor-técnico da Sauber diz que o fato da equipe não estrear seu carro de 2016 antes do segundo teste de pré-temporada da Fórmula 1 na próxima semana não irá afetar muito os seus planos.

A equipe suíça ajustou suas ideias devido a uma mudança no cronograma inicial da F1, que antecipou o início dos testes e a etapa de abertura na Austrália. O C35 fará a sua estreia na terça-feira, quando começar o segundo teste em Barcelona.

“Eu não acho que isso vai nos prejudicar muito”, disse Mark Smith ao site ‘Autosport’. “Sem mudanças no cronograma inicial, estaríamos em ambos os testes, mas não conseguimos”.

“Ao invés de focar muita energia nos preocupando com isso, decidimos extrair o máximo que pudermos com o carro velho, o que é relevante para 2016. Se tivermos meio teste decente com o novo carro, nós vamos ficar bem”, prosseguiu ele, que aponta a utilidade dos dados coletados pelos carros “velhos”.

“Idealmente, teríamos estado lá (no primeiro teste) com o carro novo, mas em termos de programação, isso não funcionou por causa da mudança de data e assim por diante. Mas, com testes limitados hoje em dia, sempre há muitas coisas para se fazer, em termos de pneus e coisas do tipo”, explicou Smith.

“Eu acredito que nós vamos recolher algumas informações úteis que serão aplicáveis em 2016, por isso definitivamente vale a pena”, finalizou o dirigente da Sauber.