Sainz declara que revolução na F1 “depende da Pirelli”

Carlos Sainz acredita que os pilotos de Fórmula 1 irão se divertir com as novas regras “radicais” de 2017.

“Se os números que estamos vendo no simulador em termos de aderência, aerodinâmica e pneus estiverem certos… tudo o que posso dizer é que os carros serão muito mais velozes”, declarou ele ao jornal espanhol ‘AS’.

“Talvez o ganho seja de 3s no começo do ano, depois 4,5 ou 5 até o final, mas os carros serão mais rápidos e os pilotos irão se divertir mais”.

Entretanto, uma das maiores críticas da atualidade é que os pilotos estão sendo forçados a conservar demais os pneus e o combustível durante os GPs.

Ao ser questionado se as mudanças de 2017 resolverão esse problema, Sainz respondeu: “Eu não sei se a filosofia da F1 vai mudar”.

“Haverá cinco litros a mais de combustível, mas a menos que a Pirelli altere bastante a filosofia dos pneus, duvido que mudará radicalmente em relação ao que era em 2005 ou 2006”.

Portanto, quando lhe perguntaram se a Pirelli é a chave, Sainz admitiu: “Sim, depende principalmente da Pirelli, porque não vamos notar esses cinco quilos a mais de combustível, mas os pneus são essenciais”.