Rosberg revela que quase sofreu pane seca no GP do Canadá

O líder do campeonato da Fórmula 1, Nico Rosberg, revelou que no último GP, no Canadá, esteve prestes a piorar quando quase ficou sem combustível.

Rosberg foi ‘obrigado’ a se contentar com o quinto lugar. Enquanto seu companheiro de equipe e adversário na luta pelo título, Lewis Hamilton, venceu, mas o alemão quase foi forçado a abandonar.

“Meu combustível estava acabando por causa de todas as batalhas ao longo da prova, e foi difícil entender quanto eu realmente tinha”, declarou Rosberg.

“Eu sabia que o número estava no vermelho, e por isso não sabia se chegaria ao fim da corrida. Fiz a última volta tirando bastante o pé simplesmente para tentar levar o carro até a linha de chegada”.

“Esse foi o grande problema com Verstappen, pois só pude atacar algumas vezes e ele sempre se defendeu muito bem. Eu precisava tirar o pé novamente para poupar combustível”.