Rosberg está sob investigação após garantir segundo lugar no grid

Nico Rosberg está sob investigação por alegada violação de regra durante a classificação para o GP da Grã-Bretanha, na qual ele terminou em segundo, atrás do companheiro de equipe Lewis Hamilton.

O piloto alemão teria excedido o tempo máximo permitido para percorrer as linhas de Safety Car durante o Q1, e vai agora visitar os comissários para discutir o incidente.

“Violação alegada do artigo 27.5 dos Regulamentos Desportivos da Fórmula 1, por ultrapassar o período de tempo máximo estabelecido pela FIA entre a linha do Safety Car após a saída dos pits e a linha antes da entrada dos pits às 13h05 (locais)”, disse um comunicado oficial.

Rosberg, que poderá enfrentar uma série de sanções se for considerado culpado, admitiu que simplesmente não tinha ritmo para superar Hamilton.

“(A Mercedes) nos deu um carro incrível, é um prazer guiá-lo, sempre nos trilhos… só não foi o melhor dia para mim”, reconheceu.

“Parabéns a Lewis, mas amanhã vamos disputar”.