Rosberg espera que sua estratégia de pneus funcione na corrida

O pole-position do GP da China, Nico Rosberg, espera que sua aposta de pneus no treino classificatório valha a pena durante o ‘stint’ de abertura da corrida.

Rosberg foi o único piloto a progredir do Q2 calçando os pneus macios, enquanto o resto dos seus rivais usaram o mais rápido supermacio.

Com a mudança nas regras, os participantes do Q3 devem largar para a corrida com os pneus que usaram para cravar a melhor volta na segunda fase do treino classificatório.

Paddy Lowe, dirigente da Mercedes, disse antes do evento que ele espera que os pneus supermacios necessitem ser trocados nas primeiras cinco voltas, e Rosberg espera se beneficiar disto.

“Eu não mergulhei tanto na estratégia, mas acho que será boa”, explicou Rosberg na coletiva de imprensa depois do treino. “Talvez isto me dê uma vantagem, mas eu preciso estudar hoje à noite”.

A 23ª pole de Rosberg o coloca à frente de Fernando Alonso na lista de todos os tempos, mas ele disse que ele gostaria de brigar com seu companheiro Lewis Hamilton, que abandonou no Q1 por conta de um problema no ERS.

“Estou satisfeito claro, todo o fim de semana tem ido bem”, disse. “O carro andou bem no classificatório, fazer uma volta e colocá-lo na pole… estou feliz com isto. Mas não estou em êxtase porque o Lewis teve má sorte, com seu carro quebrando – a briga não aconteceu”.

Hamilton, que está 17 pontos atrás de Rosberg no campeonato, deve largar do fim do grid, porém ele pode largar até mesmo dos boxes se a Mercedes precisa trocar qualquer peça.