Ricciardo: “Não foi o fim de semana que queria em casa, mas é a vida”

Daniel Ricciardo (Red Bull) –  não completou
“Não foi o fim de semana que eu queria em casa. Que todas essas coisas tenham acontecido em minha corrida em casa provavelmente é o mais frustrante. Já estávamos em desvantagem após a batida na classificação, e hoje tivemos um problema durante a volta de aquecimento seguido por um segundo problema na corrida. Em ambas as ocasiões, o carro simplesmente parou, não pude fazer mais nada. Mas é a primeira prova, então espero que possamos deixar tudo isso para trás. Claro, estou desapontado agora, mas é a vida. Já passei por esta situação antes, portanto vou acordar amanhã motivado a me preparar para a China. Lamento pelos fãs. Tenho certeza que eles teriam adorado me ver em ação, mas estou super grato a todos que vieram torcer por mim neste fim de semana. Eles estavam gritando o meu nome até mesmo quando parei. Isso faz com que eu me sinta bem melhor, definitivamente aprecio o apoio deles. Além disso, o pessoal trabalhou muitas horas neste fim de semana para me colocar novamente na pista, mas infelizmente as coisas não deram certo para nós. O ritmo de Max na corrida pareceu um pouco mais encorajador, creio que estamos melhores do que parecemos, mas ainda é um certo quebra-cabeça que estamos tentando resolver. Se os australianos tiverem um pouco de energia sobrando em algumas semanas, venham para a China que vocês provavelmente me verão fazendo uma prova melhor.”