Ricciardo abandonou com falhas no MGU-H: “Só espero que não tenha punição no Brasil”

Daniel Ricciardo (Red Bull) – GP do México: não completou

“Fiz o que pude na largada, foi bastante apertado e havia muita coisa acontecendo, mas acho que progredi rapidamente. Eu disse a Helmut esta manhã que estaria em sétimo no final da primeira volta; demorei algumas voltas a mais, mas cheguei lá e tudo parecia bom. Creio que era a sexta volta quando o turbo começou a fazer um som estranho e eu perdi potência. Pude voltar lentamente aos pits, mas a prova estava terminada. A sexta-feira pareceu boa, as coisas correram mal ontem à tarde e pioraram hoje. Instalamos uma unidade de potência nova na noite passada e agora suspeitamos de uma falha no MGU-H. Parece haver algo fundamental ocorrendo com os motores, nós corremos aqui nos últimos dois anos, portanto não deveria haver surpresas. Acredito que foi complicado superar a altitude e a temperatura, e foi um fim de semana negro para alguns de nós. É uma pena abandonar tão cedo novamente, acho que é um pouco do que Max sentiu no início do ano e não é nada divertido. Só espero que não tenhamos mais punições no Brasil. Não sei como estou sorrindo, definitivamente estou triste por dentro, mas não posso mudar a situação.”