Reunião de fabricantes da F1: Alfa Romeo e Porsche também participaram

A reunião convocada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nesta sexta-feira (31) para debater os motores que serão utilizados pela Fórmula 1 a partir de 2021 contou com a presença do CEO da Alfa Romeo, Heinz Harald Wester. Segundo informações da ANSA, Agência Italiana de Notícias.

Além da marca italiana, participaram também membros do grupo Audi Volkswagen, o CEO da Lamborghini e ex-diretor esportivo da Ferrari, Stefano Domenicali, e o ex-líder da Porshe Wolfganf Hatz.

Todas as marcas não estão atualmente na categoria do automobilismo e, no caso da Alfa, é mais um sinal de que ela pode estar próxima de um retorno à F1.

A volta da lendária marca italiana à mais importante categoria do automobilismo é um desejo do atual presidente da Ferrari e CEO da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Sergio Marchionne.

Não estão confirmadas nenhuma das novas fabricantes mas o fato é que estarem participando da reunião demonstra interesse e dá esperança de novos fabricantes na F1 em um futuro próximo.