Red Bull revela sua sugestão para proteção do cockpit

A Red Bull apresentou seu conceito mais “futurista” do sistema de proteção halo, antes do seu primeiro teste planejado para o próximo mês.

Embora a Ferrari já tenha testado uma estrutura aberta como a FIA prefere, a Red Bull quer experimentar uma solução diferente que apresenta uma capota de acrílico, com dois suportes laterais ao lado do nariz, em vez de um em frente do piloto.

O chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner, disse: “É mais como uma capota aberta. Então é efetivamente como um para-brisas maior. É mais elegante e espero que ofereça melhor visibilidade. Então vamos ver o que a FIA vai pensar sobre isso”.

Claire Williams, vice-chefe da Williams, disse que, em termos visuais, a versão da Red Bull era a sua preferida.

“Eu realmente gosto do conceito de caça a jato da Red Bull”, disse ela. “Se estamos indo para estes novos carros que terão aparência futurista, coloquem então alguma coisa do tipo de avião neles”.

Horner não é a favor do conceito da Ferrari – que gerou críticas de pilotos e fãs.

“Pessoalmente, não gosto disso”, disse ele. “Entendo que a segurança do piloto é de suma importância, mas como um purista das corridas de cockpit aberto, como tem sido há 60 anos, há um perigo inerente associado a isso”.

“É claro que temos de fazer tudo o que pudermos para limitar isso. Mas a proteção que está sendo olhada, o conceito de halo, não teria ajudado Felipe Massa e, infelizmente, não teria ajudado Jules Bianchi”.