Red Bull põe todo seu foco no desenvolvimento do carro de 2017

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, diz que toda a fábrica da equipe austríaca está focada no desenvolvimento do seu carro para 2017, mas ainda há pequenas atualizações para vir ainda neste ano.

A Red Bull tem evoluído com o desenrolar da temporada da Fórmula 1, ajudada em partes pela melhora de seu motor Renault, superando a Ferrari na disputa pela segunda posição do campeonato de construtores.

Com várias mudanças no regulamento nas áreas aerodinâmica e de motor para a próxima temporada, há uma chance de que a ordem das forças seja novamente estabelecida, então as equipes estão colocando muito dos seus esforços no trabalho de desenvolvimento para 2017.

“Nós temos algumas pequenas novidades (para Cingapura), disse Horner. “Agora toda a fábrica está focada em 2017. Há algumas pequenas peças (para o carro de 2016), mas nada grande”.

No GP da Itália, a Red Bull não conseguiu alcançar o pódio pela primeira vez desde o GP da Europa, realizado em junho, já que Daniel Ricciardo e Max Verstappen terminaram em quinto e sétimo, respectivamente, em Monza.

Mas Horner permanece positivo em relação às chances da equipe nas sete etapas restantes, começando por Cingapura.

“Esta é um tipo diferente de circuito”, disse. “Esperamos ser mais fortes. Esperamos ficar mais próximos da Ferrari e esperamos dar mais trabalho do que demos em Monza”.

“Monza é um circuito que depende do motor, curvas de baixa, longas retas, então está muito claro onde as coisas estão. Nós estamos numa posição melhor do que estávamos há 12 meses, mas ainda há um longo caminho que precisamos trilhar”.

“Mas sabemos que há circuitos pela frente que devem combinar mais com as características do nosso carro. Cingapura, Malásia, Japão e México são teoricamente todos traçados que devem ser bons para nós”.