Red Bull pode testar a sua proteção de cockpit na Rússia

Christian Horner se manifestou sobre a proteção à cabeça dos pilotos e disse que a Red Bull poderá testar durante os treinos livres para o GP da Rússia, dentro de duas semanas. A Fórmula 1 está avaliando o tema para 2017, e o “halo” já foi testado pela Ferrari durante os testes de pré-temporada.

A Red Bull surgiu com a sua própria solução, que será submetida a mais testes de estática nos próximos dias. Em vez de envolvimento em torno do cockpit com três suportes, como o halo faz, a versão da Red Bull está mais perto de uma cabine, como um grande pára-brisas na frente do piloto.

“Vamos testar a solução durante a próxima semana, testes estáticos, por isso vamos disparar uma roda contra ela para ver como que resiste a isso”, disse o chefe da Red Bull à Sky Sports.

“Então, se der certo, podemos colocá-la em um carro muito brevemente em Sochi. Eu acho que oferece um pouco mais de proteção, pois tem um pára-brisas. Nós acreditamos que há uma melhor visibilidade e é uma solução mais elegante, melhor do que o bumerangue que é o halo”, completou ele.

  • Bem melhor, eu ainda acho que deveriam fechar como um caça, mas como algum sistema de abertura simples para não ter problemas para o piloto sair do carro em caso de incêndio