Red Bull fica animada depois de primeiro dia sem problemas

De fato, a Red Bull foi a verdadeira surpresa da segunda sessão de testes do primeiro da pré-temporada de 2016. O RB12 guiado por Daniel Ricciardo conseguiu ter o saldo positivo depois da sessão da manhã e terminou como o terceiro mais rápido do dia, cravando 1min26s044 – 1,105 segundo atrás da Ferrari de Sebastian Vettel, que liderou os testes desta segunda-feira (22).

Otimista com os resultados, Adrian Newey admitiu que ficou surpreso com o ritmo e desempenho do RB12. O projetista da equipe austríaca explicou que os dados obtidos no circuito da Catalunha são essenciais para o desenvolvimento do novo pacote aerodinâmico do carro do time de Milton Keynes.

“De acordo com os dados recolhidos, o chassi do RB12 deve ser bastante competitivo”, disse Newey para a revista italiana ‘Omnicorse’.

“Muitas vezes me pergunto em que área podemos desenvolver o nosso carro, mas como o regulamento estável fica difícil saber onde precisamos melhorar”, respondeu.

“Dito isso, com essas novas informações, vamos nos concentrar no desenvolvimento do nosso pacote, a partir das suspensões, design do chassi e a aerodinâmica”, complementou.

Por fim, Newey afirmou que a nova máquina da Red Bull é fruto das decepções vividas pela equipe desde 2014, onde aconteceu a mudança no regulamento de motor que aconteceu na F1. “Posso dizer que esse carro foi o resultado de uma lição em que tivemos com os campeonatos passados”, respondeu.

“Todos os componentes deles se apresentam ainda mais harmonizados dentro da pista. Logo, todas as indicações em que temos nos sugere que iremos ter um chassi competitivo nesta temporada”.