Red Bull acerta a estratégia e Ricciardo “brilha” para vencer o GP da China de F1

Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu o Grande Prêmio da China de F1, em uma corrida impecável do australiano que “brilhou” no Circuito Internacional de Xangai. Valtteri Bottas, Mercedes, foi o segundo colocado com Kimi Raikkonen, Ferrari, fechando o pódio chinês.

Largando na sexta posição, Ricciardo beneficiou-se de um Safety Car para colocar pneus novos, um acerto estratégico fundamental da Red Bull que deixou seus dois pilotos com chances de vencer a corrida.

Max Verstappen, por outro lado, não aproveitou sua chance. O piloto da Red Bull mostrou pouca paciência em suas tentativas de superar seus rivais. Primeiro com Lewis Hamilton ao tentar uma ultrapassagem mal sucedida por fora. Depois, em uma colisão com Sebastian Vettel que lhe causou uma penalidade de 10 segundos no resultado final. Verstappen terminou na P5.

Com o acidente Vettel caiu para sétimo e ainda foi superado por Fernando Alonso nas volta finais, terminando na P8 depois de segurar os ataques de Carlos Sainz na última volta. Sainz foi o nono colocado e seu companheiro de Renautl, Nico Hulkenberg conseguiu uma excelente sexta posição.

Já Hamilton teve uma atuação apagada na China. Logo na largada foi superado por Verstappen e caiu para a quinta posição. O inglês ocupava o pódio nas voltas finais mas na colisão entre Verstappen e Vettel, foi obrigado a desviar por fora. Raikkonen aproveitou a chance para ser o terceiro colocado.

 

A Fórmula 1 volta à ação em duas semanas com o GP do Azerbaijão, quarta etapa da temporada 2018 de Fórmula 1, entre os dias 27 e 29 de abril.

 

Confira o resultado do GP da China:

1) #3 Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)
2) #77 Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
3) #7 Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)
4) #44 Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
5) #33 Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)
6) #27 Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
7) #14 Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault)
8) #5 Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
9) #55 Carlos Sainz (ESP/Renault)
10) #20 Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
11) #31 Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
12) #11 Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
13) #2 Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault)
14) #18 Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)
15) #35 Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes)
16) #9 Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
17) #8 Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
18) #10 Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda)
19) #16 Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari)
20) #28 Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *