Raikkonen defende estratégia adotada pela Ferrari em Melbourne

Apesar do grande número de carros que trocaram para pneus médios durante a bandeira vermelha no GP da Austrália, a Ferrari decidiu colocar pneus macios, o que acabou por lhe custar uma chance de vitória.

Kimi Raikkonen, que abandonou na corrida, defendeu a sua escolha de pneus, uma vez que era apenas a primeira corrida da temporada e eles ainda não tinham informações suficientes para usar os médios na Austrália.

Naquele momento, a Ferrari estava em primeiro e segundo quando as equipes vieram para os boxes durante o incidente de Fernando Alonso. A Mercedes estava atrás da Ferrari e decidiu colocar os médios já que iriam fazer a corrida sem qualquer outra parada.

No entanto, a Ferrari ficou com os macios, que resultou em Sebastian Vettel fazer outra parada e perder alguns lugares, terminando em terceiro no pódio.

“Estávamos pensando o que fazer, foi uma escolha diferente para carros diferentes e agora temos de ver o que teria sido a melhor escolha”, disse o finlandês. “No meu caso, não teria feito qualquer diferença, porque abandonei”.

“Este ano temos mais opções com os pneus, por isso é um pouco difícil escolher e neste fim de semana, com clima difícil, realmente não sabíamos como os pneus iriam funcionar”.

“Durante o pitstop, cabe à equipe decidir, eles podem ver o cenário completo e nós seguimos o plano”.