Raikkonen culpa hairpin por dificuldades no classificatório

Kimi Raikkonen, da Ferrari, colocou a culpa do seu sofrimento no treino classificatório na falta de aderência na dianteira do seu carro no hairpin (Curva 10) do Circuito Gilles Villeneuve.

Raikkonen, que completou somente uma volta rápida no Q3, cravou o sexto tempo, atrás da dupla da Mercedes, seu companheiro Sebastian Vettel e a dupla da Red Bull.

“Desde ontem fizemos um bom trabalho e melhoramos muito o comportamento do carro, mas hoje ainda não foi fácil colocar o carro onde queríamos”, disse.

“Foi uma sessão classificatória agitada por conta das condições meteorológicas e não estava muito feliz com a pilotagem”.

“Eu tive alguns problemas aqui e ali, sofri na Curva 10 (hairpin) todas as vezes para fazer a dianteira virar, e foi difícil fazer uma boa volta”.

Raikkonen espera, no entanto, uma apresentação melhor na corrida.

“Não tem sido um fim de semana fácil até agora e, se você termina em 6º, ainda há muito trabalho a ser feito, mas tenho certeza que para a corrida amanhã o carro estará melhor”, concluiu.