Raikkonen critica a atuação dos comissários que o puniram

O piloto da Ferrari, Kimi Raikkonen, descreveu como “estúpida” sua punição por cruzar a linha de entrada dos boxes no GP da Europa.

Raikkonen recebeu uma punição de cinco segundos por cruzar a linha branca enquanto pegava o vácuo de Daniel Ricciardo, que estava indo para os boxes.

O finlandês continuou para terminar em quarto, depois de ser ultrapassado pelo rival Sergio Perez, da Force India, na última volta da corrida.

“Eu meio que entendo a regra de cruzar a linha, mas, para mim, isto é estúpido”, comentou Raikkonne, que também recebeu dois pontos na sua superlicença pelos comissários, o que o deixa com cinco nos últimos 12 meses.

“Você não ganha nada com aquilo, passar por cima da linha, mas infelizmente tomei a punição”.

Raikkonen também falou da sua frustração sobre a falta de bandeiras azuis na corrida.

“O objetivo era manter cinco segundos dos outros (atrás), mas eu acabei ficando preso atrás de uma Sauber e uma Haas por mais de uma volta, e perdi muito tempo”, adicionou.

“Pelo menos o mesmo cara que te pune deveria então fazer seu trabalho e dar bandeiras azuis. Obviamente que este foi o começo dos pequenos problemas, mas a velocidade estava mais ou menos lá”.

“De modo geral, estou um pouco desapontado. Foi um fim de semana difícil, mas não foi um desastre”.