Raikkonen avalia sua classificação na França como “decepcionante”

Kimi Raikkonen avaliou sua sexta posição no grid como “decepcionante”, depois de não ter conseguido uma volta limpa durante a fase final da qualificação, para o GP da França de Fórmula 1.

O companheiro de equipe na Ferrari, Sebastian Vettel, colocou o seu carro na terceira posição do grid, mas Raikkonen não conseguiu os mesmos feitos que seu colega tetracampeão.

“Foi bastante simples até a última qualificação. A primeira volta foi muito boa até às 11 quando, talvez (a pista), estivesse um pouco molhada pela chuva, mas depois disso nunca conseguimos uma boa volta”, disse Raikkonen.

“Foi bem decepcionante, o resultado final. Eu estava me sentindo bem até a última qualificação (Q3), mas é assim”, acrescentou.

“A primeira corrida foi bastante decente, mas depois fui um pouco para o lado na curva 11 e perdi tempo. Depois disso, não consegui melhorar meu tempo de volta”, continuou o finlandês.

No entanto, Raikkonen acredita que nem tudo está perdido, e que com uma boa estratégia, ele pode ganhar posições com a sua Ferrari na corrida de domingo.

“Para amanhã, escolhemos a estratégia que achamos melhor para nós, mas temos que esperar para ver. Em outras corridas vimos pessoas começando com pneus diferentes e isso não mudou as coisas da noite para o dia”, revelou o finlandês, indicando que a Scuderia pode planejar algo ligado aos pneus.